Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Israel bombardeia instalação militar na Síria, afirma TV

Horas antes, aviões de guerra israelenses já haviam atacado um carregamento de armas que seria levado à organização islâmica libanesa do Hezbollah

Foguetes israelenses atingiram nas primeiras horas deste domingo (horário local) uma instalação militar situada nos arredores de Damasco, capital síria, informou a TV estatal. As autoridades israelenses, no entanto, evitaram comentar o ataque cujas explosões puderam ser ouvidas a uma longa distância. O número de vítimas não foi informado.

No sábado, fontes oficiais israelenses afirmaram que aviões de guerra atacaram um carregamento de mísseis que aparentemente seria destinado à organização islâmica libanesa do Hezbollah. O regime do presidente sírio, Bashar Assad, colabora há muito tempo com o Irã para repassar armas iranianas ao Líbano e, por isso, conta com o apoio do Hezbollah nos combates registrados entre forças de segurança e rebeldes sírios.

Leia também:

Leia também: Israel efetua ataque aéreo contra a Síria

No Líbano, uma fonte diplomática indicou que o ataque destruiu mísseis terra-ar fornecidos recentemente pela Rússia, que estavam armazenados no aeroporto de Damasco. Na sexta, a agência Sana anunciou o disparo de dois foguetes, por parte dos rebeldes, contra o aeroporto de Damasco, atingindo um avião e um reservatório de querosene.

Uma fonte militar síria desmentiu o ataque de sexta-feira e o gabinete do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, não confirmou a informação. Segundo a rede de televisão americana CNN, “agências americanas e ocidentais de inteligência obtiveram informações confidenciais indicando que Israel executou um ataque aéreo entre quinta e sexta-feira”, após aviões de combate deste país sobrevoarem o Líbano.

(Com agências EFE e AFP)