Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Israel bombardeia grupos palestinos em Gaza e no Líbano

Bombardeios ocorrem depois de ataque de foguetes ao sul israelense e da derrubada de drone em território libanês

As forças de segurança israelenses realizaram nesta segunda-feira, 26, ataques contra territórios controlados por grupos armados palestinos na Faixa de Gaza, depois de foguetes terem sido disparados do território contra Israel durante a madrugada. Também bombardearam alvos da Frente Popular para a Libertação do Comando Geral da Palestina (PFLP-GC), um grupo aliado ao Hezbollah, no Líbano.

O Hamas não assumiu a autoria dos disparos dos três foguetes, a partir de Gaza, contra o sul de Israel, segundo seu porta-voz, Hazem Qassem, mencionou à agência de notícias Maan.

“Três lançamentos foram identificados saindo da Faixa de Gaza e indo em direção ao território israelense”, as autoridades de Israel informaram em um comunicado. “Dois deles foram interceptados pelo sistema de defesa aéreo Domo de Ferro”.

Israel informou que cortará parte da distribuição de combustível para usinas de energia da Faixa de Gaza, complicando a situação dos palestinos que já sofrem com apagões díarios.

“Em resposta, agora há pouco, jatos de combate destruíram inúmeros alvos em uma base militar do Hamas no norte da Faixa de Gaza, incluindo um escritório de comando”, diz o comunicado. O ataque não resultou em vítimas fatais.

No Líbano, o alvo foi o grupo palestino PFLP-GC, na cidade de Qoussaya, região leste do país, segundo a agência estatal de notícias libanesa ANI. O bombardeio veio horas depois de o Hezbollah ameaçar Israel com represálias por causa de um ataque de drone, ainda não confirmado pelas autoridades, contra suas posições em Beirute no domingo 25. O avião não-tripulado foi abatido e caiu na periferia da cidade.

Horas depois, Hassan Nasrallah, líder do braço armado do Hezbollah, disse em um discurso que a “época em que drones israelenses atacavam o Líbano, acabou”. Ele acrescentou que abrirá fogo contra qualquer avião israelense que violar o espaço aéreo libanês.

O bombardeio contra o PFLP-GC ocorreu após o discurso de Nasrallah ter sido televisionado. “Em resposta, disparos antiaéreos foram feitos (contra os jatos de combate israelenses)”, acrescentou a ANI, sem identificar a fonte dessa informação.

(Com AFP)