Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Israel ataca campo de refugiados e deixa 13 palestinos feridos

Oficiais buscavam responsáveis por assassinato de soldado israelense; tiros com balas reais e de borracha revidaram ataques com pedras

Por Da Redação
28 Maio 2018, 13h05

Uma operação militar de Israel deixou 13 palestinos feridos no campo de refugiados de Al Amari, localizado na Cisjordânia, segundo confirmaram fontes médicas palestinas.

Forças do Exército entraram no campo, situado na entrada de Ramala, para buscar os suspeitos de provocarem a morte de um soldado israelense durante outra operação na semana passada.

A entrada dos militares gerou um tumulto entre os residentes palestinos e os soldados, que dispararam com fogo real e balas de borracha para dispersar os moradores do campo, que atiravam pedras, informou a agência palestina Wafa.

O Ministério da Saúde palestino confirmou que 13 residentes ficaram levemente feridos e foram atendidos em um centro hospitalar de Ramala.

Continua após a publicidade

A intervenção do Exército israelense se prolongou por cerca de três horas e pelo menos nove pessoas foram detidas pelos soldados, acrescentou a agência.

O campo de Al Amari se encontra na Área A da Cisjordânia, uma região na qual, segundo os acordos de paz de Oslo, Israel não tem controle administrativo nem de segurança, e onde o acesso dos soldados é vetado sem coordenação com as autoridades palestinas.

Continua após a publicidade

Na quinta-feira passada (24), durante uma intervenção no mesmo local, Ronen Lubarsky, soldado de uma unidade de combate israelense, sofreu graves ferimentos na cabeça ao ser atingido por um bloco de cimento lançado contra um grupo de soldados que faziam a detenção de palestinos envolvidos em ataques com armas de fogo.

O jovem soldado, de 20 anos, foi levado a um hospital de Jerusalém, onde morreu por causa dos ferimentos no sábado, dois dias depois, e foi enterrado ontem em um cemitério militar da cidade.

(Com EFE)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.