Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Irã envia tropas para combater extremistas no Iraque

Segundo 'Wall Street Journal', força de elite está em ação em Tikrit e Bagdá

Por Da Redação 12 jun 2014, 19h50

O Irã enviou homens da Guarda Revolucionária para lutar no Iraque e ajudar o governo xiita a combater os militantes sunitas que tomaram duas importantes cidades do país nesta semana e ameaçam avançar para a capital Bagdá. Pelo menos três batalhões das Forças Quds, a unidade de elite da Guarda Revolucionária, foram destacados para ajudar na luta contra os integrantes do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL), grupo jihadista que foi renegado até mesmo pela Al Qaeda – mas que se inspira na organização terrorista.

Uma dessas unidades já estava lutando junto com o militares iraquianos na tentativa de retomar a cidade natal do ditador Sadam Hussein, Tikrit, que foi invadida por extremistas na quinta-feira. As outras duas, deslocadas ontem, têm a missão de proteger a capital e as cidades sagradas xiitas de Karbala e Najaf, ameaçadas pelo EIIL. As informações são do The Wall Street Journal, que citou fontes de segurança iranianas.

Leia também:

Jihadistas ameaçam tomar Bagdá; EUA oferecem ajuda ao Iraque

Mais de 500.000 iraquianos já fugiram de cidade dominada por terroristas

As forças Irã-Iraque combinadas retomaram o controle de 85% de Tikrit, de acordo com fontes de segurança de ambos os países. O general Qasim Sulaimani, comandante das Forças Quds, viajou para Bagdá esta semana para discutir com as autoridades iraquianas maneiras de frear a ofensiva dos extremistas sunitas. Tropas iranianas também foram posicionadas ao longo da fronteira do Iraque e prometeram bombardear as forças rebeldes se elas forem vistas a 100 quilômetros da fronteira.

O Irã também considera a possibilidade de transferir para o Iraque tropas que lutam a favor do regime de Bashar Assad na Síria caso essa contraofensiva inicial não apresente resultados. O conflito da Síria transformou o Iraque em uma importante base operacional para o Irã. Milícias xiitas treinadas pelo Irã, armas e dinheiro são enviados do Irã para a Síria através de estradas e aeroportos no Iraque. (Continue lendo o texto)

Continua após a publicidade

Arte/VEJA

Mapa da área de influência do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL)
Mapa da área de influência do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) VEJA

Mapa da área de influência do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL)

O Irã investiu consideráveis recursos financeiros, políticos e militares na última década para assegurar que o Iraque saísse do período de ocupação americana como um importante aliado da República Islâmica e um forte Estado dominado por xiitas. Analistas consultados pelo WSJ afirmam que, no curto prazo, a crise no Iraque deverá reforçar e aumentar a influência do Irã na região. “Quanto mais inseguro e isolado Maliki estiver, mais ele vai precisar do Irã”, disse o analista político Alireza Nader, referindo-se ao primeiro-ministro Nouri al Maliki.

A informação sobre a participação do Irã na crise chega no momento em que o governo americano fala em ‘aumentar a ajuda’ ao Iraque, sem deixar claro qual será efetivamente sua atuação. Nesta quinta, o presidente Barack Obama afirmou que seu governo está considerando “todas as opções”, incluindo uma ação militar, para auxiliar o país.

(Com agência EFE e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês