Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Irã classifica ataque como primeiro passo de vingança contra ‘grande satã’

"Ao Grande Satanás, advertimos que qualquer outra maldade, violação ou outras medidas enfrentarão uma resposta mais dolorosa e esmagadora", diz o comunicado

Por Da Redação Atualizado em 8 jan 2020, 00h11 - Publicado em 7 jan 2020, 23h40

A Guarda Revolucionária do Irã informou nesta terça-feira, 7, que os ataque a mísseis contra a bases militar dos Estados Unidos no Iraque são o primeiro passo da “dura vingança” pelo assassinato do general Qasem Soleimani, ocorrido na quinta-feira 2, por parte do governo americano em território iraquiano. “Ao Grande Satanás, o regime cruel e arrogante dos Estados Unidos, advertimos que qualquer outra maldade, violação ou outras medidas enfrentarão uma resposta mais dolorosa e esmagadora”, diz o comunicado divulgado no site da organização.

A Guarda Revolucionária Iraniana afirmou em seu canal no Telegram que pode revidar diretamente no território dos Estados Unidos caso os americanos respondam ao ataque feito na noite desta terça.

Ainda no Telegram, a Guarda Revolucionária Iraniana também disse que atacará as cidades de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e Haifa, em Israel, em uma terceira onda de operações na hipótese de o Irã ser atacado.

De acordo com os Estados Unidos, pelo menos 12 mísseis atingiram duas bases aéreas. Uma das bases atingidas foi Ain al-Asad, em Anbar. A outra se localiza em Irbil, na região semiautônoma do Curdistão.

(Com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade