Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Irã acusa AIEA de passar informação sobre programa nuclear a Israel

Deputado Yavad Yahanguirzade acusou o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica, Yukiya Amano, de fazer viagens a Tel Aviv para perguntar a opinião de funcionários israelenses sobre as atividades nucleares do Irã

“A AIEA é obrigada a proteger a informação das atividades nucleares de seus membros e não cumpriu sua responsabilidade neste sentido em relação ao Irã, pois transferiu informação nuclear aos inimigos do país”, disse o deputado Yavad Yahanguirzade

O Irã acusou o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, de passar informação confidencial sobre o programa nuclear iraniano a Israel, inimigo declarado da República Islâmica. As informações são da agência oficial de notícias Irna. “A AIEA é obrigada a proteger a informação das atividades nucleares de seus membros e não cumpriu sua responsabilidade neste sentido em relação ao Irã, pois transferiu informação nuclear aos inimigos do país”, disse o deputado Yavad Yahanguirzade à agência.

Integrante da Comissão de Segurança Nacional e Política Externa e da Junta Diretiva do Parlamento, Yahanguirzade acusou Amano de fazer “várias viagens a Tel Aviv para perguntar o ponto de vista dos funcionários israelenses sobre as atividades nucleares do Irã”.

Para Yahanguirzade, isso demonstra que o regime de Israel e de outros países hostis à República Islâmica têm acesso à informação nuclear do Irã, o que vai contra as normas da AIEA. “Se a conduta da AIEA fizer com que o Irã corte sua relação com a agência, toda a responsabilidade será do diretor-geral”, afirmou Yahanguirzade.

LEIA MAIS:

‘Israel vai desaparecer do mapa’, diz chefe supremo do Irã

A questão nuclear iraniana

LEIA TAMBÉM:

Irã terá bomba nuclear em 6 meses, diz premiê de Israel

Netanyahu: ‘Israel não pode esperar para agir contra Irã’

EUA não apoiam ataque israelense ao Irã, diz jornal

Irã: Guarda Revolucionária acredita que guerra com Israel ‘acabará por chegar’