Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Inspetores da AIEA vão ao Irã para esclarecer se programa nuclear é militar

Por Da Redação 19 fev 2012, 05h41

Viena, 19 fev (EFE).- Uma equipe de inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) embarca neste domingo em Viena, na Áustria, rumo ao Irã para tentar esclarecer as suspeitas sobre a possível dimensão militar do programa nuclear do país islâmico.

Os inspetores, liderados pelo diretor adjunto da AIEA, Herman Naeckerts, vão se reunir com as autoridades iranianas nos dias 20 e 21 de fevereiro, segundo a agência da ONU.

Esta é a segunda missão da AIEA em apenas três semanas. A primeira aconteceu de 29 a 31 de janeiro, após a qual Naeckerts afirmou que houve intensos debates entre as partes, mas que restava muito o que esclarecer.

Naquele encontro, a agência ‘explicou suas preocupações e prioridades, focadas em esclarecer a possível dimensão do programa nuclear do Irã’.

A AIEA está tentando esclarecer as suspeitas, vazadas em um relatório oficial de novembro sobre o plano atômico iraniano, que consideram críveis uma série de alegações de diversos serviços de inteligência e que apontam que o Irã trabalha no desenvolvimento de uma arma nuclear.

Na última sexta-feira, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse em Viena que as autoridades iranianas precisam convencer a comunidade internacional de que suas intenções nucleares são exclusivamente pacíficas, como garante Teerã.

O Irã não deu mostras de que vai ceder às pressões e sanções impostas pela ONU e a União Europeia para que interrompa suas experimências atômicas, e anunciou recentemente novos avanços, uma situação que fortaleceu os rumores sobre uma intervenção militar israelense para tentar frear o programa. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade