Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Indiana de 56 anos resiste a ataque de leopardo

Mulher foi atacada em área rural e conseguiu matar o animal com uma foice

Uma indiana de 56 anos conseguiu sobreviver ao ataque de um leopardo depois de lutar durante longos 30 minutos com o animal e conseguir matá-lo com uma foice. Kamla Devi fraturou as duas mãos e ficou com uma cicatriz no rosto. O ataque ocorreu no último domingo.

“O leopardo me atacou várias vezes e lutamos durante um bom tempo”, contou à rede CNN-IBN, enquanto se recuperava em um hospital no Estado de Utarakhand, norte da Índia. Ela contou ao jornal Hindustan Times que estava indo buscar água num poço quando o leopardo pulou de um arbusto. “Pensei, ‘já era’, mas não perdi a coragem”, disse ela, segundo à rede britânica BBC.

Leia também:

Autoridades se mobilizam para capturar Leopardo na Índia

Putin com leopardo e Obama com poodle: provocação russa

Os ataques de leopardos e tigres não são incomuns nas zonas rurais da Índia. Na semana passada, leopardos mataram uma mulher em um vilarejo de Utarakhand, e feriram outra em Rudraprayag. Nos últimos anos, os animais passaram a se aventurar cada vez mais nas áreas povoadas devido à redução de seu habitat.

A ONG Fundo Mundial para a Natureza (WWF) pede que o país administre melhor suas florestas e outras regiões para garantir a proteção dos leopardos. Em 2011 a Índia tinha o registro de apenas 1.150 exemplares do animal.

(Com agência France-Presse)