Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Incêndios na Austrália já ameaçam subúrbios de Sydney

Mais de mil residências estão sem luz em área próxima ao aeroporto de Sydney e em bairro na região oeste da cidade

Os focos de incêndios que se espalham na Austrália desde a semana passada já ameaçam os subúrbios a oeste de Sydney, a maior cidade do país, informam as autoridades locais. Altas temperaturas e ventos propiciaram o surgimento de, ao menos, doze novos focos de fogo. Com isso, já são setenta focos registrados nos últimos dias e 29 deles ainda não foram controlados pelos mais de 1 000 bombeiros australianos que tentam apagar as chamas. “À medida que as condições climáticas estão piorando nós estamos vendo um aumento na atividade do fogo”, disse Shane Fitzsimmons, do serviço de bombeiros australianos.

Leia também

Incêndios na Austrália já causam danos de US$ 90 milhões

A área próxima ao aeroporto de Sydney e o bairro Lucas Heights estão em estado de máxima atenção. De acordo com reportagem da CNN, mais de 1 300 casas estão sem energia elétrica na região e as autoridades coordenam a saída das famílias ameaçadas pelas chamas e pela fumaça. Os bombeiros locais estão surpresos pela aparição antecipada dos incêndios neste ano, que costumavam aparecer no verão e não ainda durante a primavera. “Nunca tínhamos experimentado a extensão de danos e a destruição em grande escala nesta época do ano”, disse Fitzsimmons. “A luta está longe de terminar”, completou. Chuvas leves durante a noite em algumas áreas afetadas não foram suficientes para aplacar o fogo, mas, segundo autoridades, ajudaram no combate às chamas.