Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Incêndio florestal consome mais de 8 mil hectares na Califórnia

Somente 5% do fogo, que teve início na sexta-feira, foi controlado; milhares deixaram suas casas sob ordens de retirada voluntária

Por Da Redação Atualizado em 3 ago 2020, 11h31 - Publicado em 3 ago 2020, 11h22

Mais de 2.200 bombeiros no estado americano da Califórnia tentam controlar um incêndio florestal que já se alastrou por mais de 8.300 hectares no norte do condado de Riverside, próximo a Los Angeles. As autoridades locais alertaram a população para o perigo e emitiram ordens de retirada voluntária para milhares. Até esta segunda-feira, 3, ao menos 5% das chamas foram controladas, segundo o Serviço Florestal do estado.

O incêndio teve início na sexta-feira 31 em Cherry Valley e na floresta nacional de San Bernardino. As chamas estão longe de serem apagadas, porém é previsto que elas diminuam de intensidade nos próximos dias.

ASSINE VEJA

Os 10 fazendeiros que mais desmatam a Amazônia Leia em VEJA: Levantamento exclusivo revela os campeões da destruição. Mais: as mudanças do cotidiano na vida pós-pandemia
Clique e Assine

Ao menos 2.600 residências foram abandonadas e quase 7.800 pessoas deixaram a região, enquanto uma casa e uma construção rural foram consumidas pelas chamas.

  • Segundo o Serviço Florestal de San Bernadino, a região não tem histórico de incêndios, mas este foi causado pela seca recorde e altas temperaturas. “Essas condições contribuem ativamente para o comportamento do fogo tanto pelo dia quanto a noite”, afirmou o serviço em um relatório no domingo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade