Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Incêndio em unidade de gás mata 26 pessoas no México

Fogo só foi controlado após duas horas; as causas estão sendo investigadas

Por Da Redação - 19 set 2012, 01h21

Um incêndio na unidade de gás da empresa estatal Petróleos Mexicanos (Pemex) matou pelo menos 26 pessoas nesta terça-feira no norte do México.

Segundo a estatal, quatro das vítimas eram funcionários da Pemex e 22 trabalhavam para empresas terceirizadas. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas.

O fogo teve início pela manhã de terça no Centro Receptor de Gás Condensado, situado na estrada entre Reynosa e Monterrey, no estado de Taumalipas. A unidade distribui o gás natural retirado da chamada Bacia de Burgos, uma zona que concentra boa parte da produção de gás no México.

As chamas atingiram uma altura de 40 metros e, segundo a televisão local, chegaram a ser vistas até na fronteira com os Estados Unidos. Os bombeiros só conseguiram controlar o fogo após duas horas de incêndio.

Publicidade

Histórico – O incidente de terça foi o mais grave em instalações da Pemex desde a explosão de um oleoduto em dezembro de 2010, que deixou 29 mortos e 50 feridos na cidade de San Martín Texmelucan, no centro do país.

(Com agência France-Presse)

Publicidade