Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Incêndio em karaokê na China deixa 18 mortos, e suspeito é preso

Liu Chunlu, de 32 anos, confessou que estava bêbado e teria brigado com desconhecidos antes de bloquear a saída e atear fogo no local

Um incêndio em um karaokê no município de Qingyuan, no sul da China, deixou ao menos dezoito pessoas mortas e cinco feridas. O suspeito de ter provocado o incêndio foi preso na manhã desta terça-feira (24), informaram fontes oficiais.

Liu Chunlu, de 32 anos, confessou à polícia que estava bêbado na noite de segunda-feira e teria brigado com um grupo de desconhecidos no local. Segundo o canal de televisão CCTV, ele bloqueou com uma motocicleta a única saída do karaokê e, em seguida, ateou fogo na porta.

Nas investigações preliminares, foi constatado que  Liu se feriu no incêndio, mas conseguiu fugir do local logo. Por isso, a polícia chegou a oferecer uma recompensa de 200 mil iuanes (cerca de 32 mil dólares) por informações que levassem à sua detenção. Liu acabou  capturado em sua casa, na cidade de Yingde, no dia seguinte.

O incêndio aconteceu por volta das 0h30 (13h30 de segunda-feira, em Brasília) e foi extinto em menos de 30 minutos depois. A polícia local afirmou à agência oficial de notícias Xinhua que desde o primeiro momento havia  suspeita de que o incêndio tinha sido “provocado de propósito”.

Os karaokês são muito populares na China e importantes na vida social do país.

(Com EFE)