Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Incêndio em dormitório de escola mata 17 meninas na Tailândia

As alunas entre cinco e 12 anos estavam dormindo quando o fogo se alastrou, na noite de domingo

Pelo menos 17 estudantes morreram neste domingo quando um incêndio atingiu o dormitório de uma escola de ensino fundamental na Tailândia. Um chefe de polícia da província de Chiang Rai afirmou que ainda há meninas desparecidas e diversas ficaram feridas.

Trinta e oito crianças entre cinco e 12 anos dormiam quando o incêndio atingiu o prédio da escola cristã de Ensino Fundamental Pitakiatwittaya, de acordo com o investigador chefe Kachornsak Pongthit. Ainda não se sabe a causa do fogo, que começou às 23 horas do horário local (13h em Brasília).

“Está caótico aqui”, disse o diretor da escola Rewat Wassana à rede CNN. “Nós estamos no processo de identificação dos corpos e nenhum dos pais pôde reivindicar o corpo de suas filhas ainda”, lamentou. Duas meninas estão desparecidas e pelo menos duas das estudantes feridas se encontram em estado grave no hospital.

Leia também:

Tailândia fecha ilha turística degradada pela superlotação

Índia registra dia mais quente da história do país

Tempestade de raios mata 65 pessoas em Bangladesh

Segundo o governador da província, Arkom Sukapan, algumas das alunas conseguiram escapar porque estavam acordadas, porém, várias já estavam dormindo e não notaram o fogo. Vinte meninas foram resgatas pelos bombeiros, que conseguiram alcançar as janelas do prédio com escadas, disse Sawang Momdee, chefe de bombeiros de Chiang Rai.

Em uma mensagem no Facebook, a escola, que é conhecida por oferecer educação gratuita para crianças das tribos que vivem em montanhas da região, postou uma imagem do incêndio e disse que a instituição estará fechada até sexta-feira devido ao acidente. A escola funciona há cinco anos e atendia 142 alunos.

(Da redação)