Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Imprensa venezuelana sofreu 113 agressões do governo Maduro neste ano

O portal na internet do jornal El Nacional foi sancionado; 24 jornalistas foram presos e 87 atacados pelas forças de segurança do regime

Por Da Redação 27 jun 2018, 13h43

Jornalistas e veículos de comunicação da Venezuela sofreram 113 agressões durante o primeiro semestre de 2018, denunciou na terça-feira (26) o Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa (SNTP). No período, 24 jornalistas foram detidos e 87 atacados por “órgãos de segurança do Estado”.

“De janeiro a junho de 2018 foram contabilizados 113 atos de agressão”, destacou o relatório do SNTP, que incluiu também entre as medidas adotadas pelo governo o fechamento de jornais por falta de papel, sanções e bloqueios a sites na internet e até mesmo barreiras contra veículos da mídia.

Segundo o documento, oito jornais tiveram de fechar neste ano por falta de papel, cuja importação é monopolizada por uma empresa estatal. Vários portais de notícias sofreram bloqueios da estatal CANTV, principal provedor de telefonia e internet do país.

O SNTP ressalta ainda a sanção à  página na internet do jornal El Nacional, o principal meio crítico ao governo, durante a fase de  questionamentos sobre a reeleição do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, em 20 de maio. Em 2017, segundo a organização não-governamental Espacio Público, 51 veículos de comunicação deixaram de operar na Venezuela.

Para o SNTP, a situação é de “censura imposta pelo governo nacional” e “fechamento de veículos por medidas diretas ou indiretas, que buscam frear e controlar a crítica e a auditoria social”.

Ante “a falta de garantias para o exercício (do jornalismo) e a permanente perseguição”, o sindicato alerta sobre um êxodo de comunicadores do país. Desde 2012,  1.328 jornalistas deixaram o país, razão pela qual a entidade pede à Federação Internacional de Jornalistas (FIP) que facilite a eles “o exercício profissional” em seus países de acolhida.

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês