Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Imprensa repercute deslize de pré-candidato republicano

Herman Cain demonstrou ignorância em relação à política externa americana

Por Da Redação 15 nov 2011, 18h14

A imprensa americana repercutiu nesta terça-feira o deslize do pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Herman Cain, na segunda-feira, diante de uma pergunta de um jornalista sobre a política do presidente Barack Obama na Líbia. Um vídeo de cinco minutos de entrevista no Milwaukee Journal-Sentinel com o deslize de Cain foi reproduzido na internet e no Twitter com a frase “cainwreck” (naufrágio de Cain).

“De acordo sobre a Líbia”, disse Cain na entrevista, antes de girar os olhos para cima e fazer uma pausa para organizar as ideias, quando consultado sobre se apoiava ou não a política de Obama sobre esse país. “O presidente Obama apoia a revolta, correto? O presidente Obama pediu para tirar Kadafi. Só quero ter certeza de que estamos falando da mesma coisa, antes de eu dizer se estou ou não de acordo”, disse.

As reações geraram críticas de analistas em relação ao pré-candidato, afirmando que a entrevista refletia seu escasso conhecimento sobre a política externa americana, um assunto de interesse mundial. Além da gafe, a popularidade de Cain foi afetada por quatro acusações de assédio sexual.

Publicidade