Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Imprensa internacional ressalta “pacto” anunciado por Dilma

Pronunciamento da presidente foi destaque nos principais veículos de comunicação

Por Da Redação 22 jun 2013, 00h08

O pronunciamento de Dilma Rousseff depois de vários dias de protestos nas ruas de várias cidades do país foi reproduzido pela imprensa internacional, que vem acompanhando de perto as manifestações. O espanhol El País publicou a manchete “Dilma Rousseff promete um grande pacto sobre serviços públicos”. O texto afirma que a presidente “voltou a estender a mão aos manifestantes pacíficos, mas deixou claro que não transigirá com a violência”. “As palavras gravadas da presidente chegaram em meio a outra jornada de manifestações que bloquearam as principais vias de São Paulo e do Rio de Janeiro. Nesta cidade foram registrados novos saques a estabelecimentos comerciais”.

O argentino Clarín também usou a chamada principal de sua página na internet para destacar o pronunciamento. Sob o título “Após os protestos, Dilma propõe um ‘grande pacto nacional’ para melhorar os serviços públicos”. A matéria destacou que a presidente anunciou que receberá os líderes das manifestações e admitiu que são necessárias “formas mais eficazes para combater a corrupção”. “Também assegurou: ‘Como presidente, tenho que ouvir a voz das ruas'”.

Leia a íntegra do pronunciamento de Dilma

A rede britânica BBC destacou as “reformas” anunciadas. “A presidente revelou uma série de reformas em uma tentativa de encerrar dias de protestos nacionais contra o governo”, começa o texto, que destaca o plano para beneficiar o transporte público e a proposta de destinar todos os recursos oriundos do petróleo para a educação. A BBC lembra que o pronunciamento foi gravado depois de uma reunião de emergência para discutir as manifestações. E avaliou que a presidente adotou um tom conciliatório para “o discurso mais desafiador que já teve de fazer como líder do Brasil”.

Leia mais:

Protestos voltam a ocupar a capa do New York Times

Protestos no Brasil inspiram charge na imprensa americana

Em reportagem com o título “Brasil tenta acalmar as preocupações dos manifestantes, reprovando a violência”, o jornal americano The New York Times também registrou a reunião com os principais assessores e destacou que Dilma anunciou que “buscará medidas relacionadas a algumas das queixas que movem os manifestantes, incluindo uma revisão no sistema de transportes e o uso do dinheiro dos royalties para melhorar a educação”. O NYT lembra, no entanto, que ela já havia apresentado a proposta relacionada aos recursos do pré-sal anteriormente, mas esbarrou na resistência de governadores – o que coloca em dúvida sua capacidade de aprová-la.

Continua após a publicidade

Publicidade