Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Importante religioso iraniano critica ataque à embaixada britânica

Por Atta Kenare 4 dez 2011, 10h18

O aitolá Ahmad Khatami, importante religioso conservador iraniano, classificou de “ilegal” o ataque à embaixada britânica em Teerã por milicianos islamitas, segundo a imprensa neste domingo.

“O ataque contra uma embaixada e sua ocupação equivalem à ocupação de um país estrangeiro e é ilegal”, afirmou Khatami, imã da oração de sexta-feira em Teerã e ligado ao Guia Supremo, Ali Khamenei.

“Ter um espírito revolucionário não significa que as embaixadas que se encontram no solo da República Islâmica vivam um sentimento de insegurança, não interessa ao país”, afirmou, antes de acrescentar que “se opõe ao ataque de embaixadas estrangeiras e a sua ocupação”.

Em sua oração de sexta na Universidade de Teerã, Khatami não falou do ataque. Em compensação, pediu aos fieis a gritar “morte à Inglaterra”, assim como tradicionais slogans contra os Estados Unidos e Israel.

Centenas de manifestantes invadiram e saquearam na terça-feira passada a embaixada do Reino Unido em Teerã e a residência de diplomatas britânicos.

Continua após a publicidade
Publicidade