Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Imagens de tortura de jovens detidos chocam a Austrália

Reportagem de uma emissora local mostrou vídeos de adolescentes sendo agredidos por guardas e mantidos em situação precária

O primeiro-ministro da Austrália, Malcolm Turnbull, anunciou nesta terça-feira o início de uma investigação acerca do tratamento de jovens que vivem em reformatórios no país. O caso veio à tona após a emissora Australian Broadcasting Corporation divulgar vídeos que mostram meninos sendo despidos, atingidos com gás lacrimogênio e passando por procedimentos de tortura semelhantes aos usados na prisão de Guantánamo e de Abu Ghraib.

A reportagem, exibida no programa Four Courners, documentava os abusos em diversas instituições para menores infratores no norte do país, durante 2014 e 2015. Em um dos casos mais marcantes, o jovem de 17 anos Dylan Voller é visto amarrado em uma cadeira e forçado a usar um capuz para cobrir o rosto, por mais de duas horas.

Voller, que aparece em mais de um vídeo sendo maltratado por guardas na instituição Don Dale, e outros cinco ex-detentos do local pretendem processar o governo australiano pelo tratamento. O advogado do jovem, Peter O’Brien, afirmou que Voller agora está em um presídio para adultos e pediu sua liberação imediata. “O impacto desses anos de brutalidade deve ser mensurado e ele necessita de assistência imediata”, comentou.

Leia também:
Mesquita australiana é alvo de atentado durante culto com crianças
Estado australiano pede desculpas por leis que puniam homossexuais com até 15 anos de prisão

O material exibido pela emissora inclui imagens de circuitos de segurança em que dois adolescentes se escondem embaixo de colchões para se proteger do gás lacrimogênio jogado por um guarda, a uma distância mínima e em uma cela fechada. Em outro vídeo, os mesmos jovens e mais quatro outros aparecem chorando ao serem algemados e atingidos com jatos de uma mangueira de incêndio.

“Como todos os australianos, eu estou extremamente chocado e amedrontado”, afirmou o primeiro-ministro à rádio ABC. De acordo com a reportagem, havia crianças a partir 10 anos detidas na prisão Don Dale e adolescentes de 13 anos chegaram a ser mantidos na solitária por longos períodos. Os menores eram trancados em celas pequenas e de segurança máxima, sem acesso à água ou luz natural.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Nestor Almeida

    E é esta Austrália que quer falar mal das acomodações das Olimpiadas 2016 ….. Voltem para a …..Austrália, lá é que é bom !

    Curtir

  2. Maria Helena Oliveira

    oh, pobrezinhos… o que será que aprontaram para estarem ali????

    Curtir

  3. Simone Ferreira Simão

    Não tenho um pingo de pena. Deveria ser o padrão para bandidos.

    Curtir

  4. Carlos Alberto Pinheiro Paula

    A gente devia fazer o mesmo com os menores delinquentes daqui.

    Curtir

  5. everton pereira

    que imagem que esses nossos políticos estão mostrando para o mundo do nosso Brasil. Isso é fruto da corrupção instalada em todas as esferas publicas. lamentavel, fala para eles aproveitarem e filmarem os hospitais, as escolas, as estradas e os brasis dos povo brasileiro

    Curtir

  6. Francisco Fernandes

    O ser humano realmente é capaz de atitudes estarrecedoras.

    Curtir

  7. Marcos Binelli

    Primeiro mundo, né?

    Curtir

  8. Ricardo Silva

    Inglaterra, Usa, parte branca do interior, Canadá, Austrália, Nova Zelândia se consideram acima de todos no mundo.

    Curtir

  9. Cesar8002UTB

    Se fossem gente decente não estariam onde estão. Danem-se.

    Curtir