Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Idosos que morreram no naufrágio de cruzeiro na Itália são identificados

Por Da Redação 15 jan 2012, 17h42

Roma, 15 jan (EFE).- Os dois corpos encontrados neste domingo no cruzeiro ‘Costa Concordia’, que naufragou próximo à ilha italiana de Giglio, foram identificados como o espanhol Guillermo Gual, de 68 anos, e o italiano Giovanni Masia, de 86 anos, informou a unidade de crise que acompanhe as operações de resgate.

Gual fazia parte de um grupo de nove espanhóis, procedente de Palma de Mallorca, quase todos da mesma família. O cruzeiro transportava 4.229 passageiros e tripulantes. Até o momento, o número de mortos é de cinco pessoas.

Seu desaparecimento foi alertado pelo estudante espanhol Vicente Salvador, que viajava com sua namorada, sobrinha da vítima.

O jovem explicou à Agência Efe que os dois, ao lado de outros familiares, conseguiram sair do navio num bote salva-vidas, mas que o pai e o tio de sua namorada, mais uma terceira pessoa, permaneceram no transatlântico.

Os corpos do espanhol e do italiano foram encontrados na parte detrás do navio, que estava submergida nas águas do mar Tirreno, por mergulhadores da Guarda Litorânea.

Os dois estavam dentro de uma cabine com os salva-vidas colocados. As outras três vítimas fatais da tragédia são dois turistas franceses e um peruano tripulante do ‘Costa Concordia’. Quinze pessoas seguem desaparecidas. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade