Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Hungria se adianta e é o primeiro país da UE a começar vacinação

Um dia antes da data anunciada como início da imunização no bloco, nação deu a largada à aplicação do fármaco da Pfizer em profissionais de saúde

Por Da Redação Atualizado em 26 dez 2020, 14h11 - Publicado em 26 dez 2020, 13h40

Um dia antes da data anunciada pela União Europeia para o início da vacinação contra a Covid-19 nos países-membros do bloco, a Hungria saiu na frente e deu a largada no programa de imunização nos profissionais de saúde neste sábado, 26. Dessa forma, o país se tornou o primeiro da UE a iniciar a imunização. A primeira dose da vacina da Pfizer/BioNTech foi aplicada na médica Adrienne Kertesz, em um hospital da capital Budapeste.

Neste sábado, diversos países da UE, como França, Espanha e Itália, receberam lotes da vacina da Pfizer. A campanha de imunização no bloco está prevista para começar no domingo, com profissionais de saúde e idosos na frente da fila. As doses do fármaco foram transportadas em caminhões frigoríficos que partiram da fábrica da Pfizer em Puurs, no nordeste da Bélgica, e são escoltadas por forças de segurança.

O governo húngaro contabiliza 315 mil casos do novo coronavírus e quase 9 mil mortes desde o início da pandemia. A vacinação na UE chega no momento em que as fronteiras mundiais se fecham após a detecção de uma nova variante do vírus no Reino Unido, considerada mais contagiosa pelo governo britânico.

Publicidade