Clique e assine com 88% de desconto

Hong Kong: Polícia atira gás contra manifestantes em marcha de Ano Novo

A violência eclodiu durante o protesto, em grande parte pacífico, quando grupos pressionaram as autoridades por concessões na cidade governada pela China

Por Reuters - 1 jan 2020, 10h57

Uma marcha que atraiu dezenas de milhares de manifestantes contra o governo em Hong Kong no Ano Novo se transformou em cenas caóticas, quando a polícia disparou gás lacrimogêneo e canhões de água em multidões, incluindo famílias.

A violência eclodiu durante a marcha, em grande parte pacífica, quando grupos de cidadãos pressionaram as autoridades por novas concessões na cidade governada pela China.

No distrito de Wanchai, alguns manifestantes fizeram pichações com spray e destruíram caixas eletrônicos em uma agência bancária do HSBC quando a polícia de choque se aproximou, dispersando multidões com spray de pimenta em um confronto tenso. O gás lacrimogêneo foi disparado contra a multidão, fazendo algumas crianças chorarem.

Os manifestantes, alguns com máscaras de gás e vestidos de preto, se reagruparam e formaram suas próprias fileiras quando a polícia bloqueou as estradas para impedir que grandes multidões concluíssem a marcha à medida que a noite caía.

Publicidade

A atmosfera ficou tensa em vários distritos da ilha de Hong Kong, quando centenas de manifestantes entraram, formando bloqueios de estradas, incendiando e lançando algumas bombas de coquetel molotov. Correntes humanas ajudaram a transportar suprimentos para as pessoas na linha de frente, incluindo guarda-chuvas e tijolos.

Publicidade