Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homem rouba um dólar para fazer tratamento na prisão

Ladrão não tinha emprego fixo nem dinheiro para tratar problemas de saúde

Um homem roubou um dólar em um banco na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, para poder ser preso e receber um tratamento médico de graça na prisão, informou o jornal americano Gaston Gazette.

James Verone, de 59 anos, escolheu um banco aleatoriamente, invadiu o local e entregou a um caixa um bilhete em que dizia querer um dólar. Depois do “roubo”, o ladrão esperou a polícia do lado de fora do banco. “Eu disse para o atendente que esperaria pela polícia. Queria deixar claro que não cometi o crime por razões financeiras, mas por razões médicas”, disse ele a um canal de TV.

Plano – Pagar a fiança de 2.000 dólares e ser solto não é uma alternativa para Verone, que escolheu ir preso a fim de receber um tratamento médico para suas dores no peito e seu problema no pé esquerdo. “A dor que eu sinto já passou o nível tolerável”, contou.

Segundo seus cálculos, ele poderia até mesmo garantir alguns benefícios sociais do governo quando saísse da cadeia, o que ele espera que aconteça em alguns anos se ele for condenado por assalto a banco como o planejado. “Sou uma pessoa muito lógica e fiz tudo isso de maneira calculada”, explicou.

O ladrão, que já está preso e deve começar seu tratamento médico em poucos dias, costuma tomar café-da-manhã e almoçar na prisão, mas evita jantar para não ter contato com outros presos. “Se você não tem saúde, você não tem nada. Tentei todas as alternativas, por isso, não me arrependo”, afirmou.