Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homem que matou criança enquanto jogava Pokémon GO é condenado

Keita Noritake, de 9 anos, foi atropelado na cidade de Ichinomiya, no centro do Japão, quando cruzada uma faixa de pedestres ao retornar do colégio

Um homem que jogava Pokémon GO no smartphone e ao mesmo tempo dirigia um caminhão, foi condenado a três anos de prisão por atropelar e matar um menino de 9 anos, segundo divulgou nesta quinta-feira alguns veículos de imprensa do Japão.

O Tribunal Distrital de Nagoia deu o veredicto após considerar que Nobusuke Kawai, de 36 anos, foi irresponsável ao volante e que ele jogava rotineiramente enquanto dirigia, de acordo com a sentença divulgada pela agência de notícias “Kyodo”.

Keita Noritake, de 9 anos, foi atropelado na cidade de Ichinomiya, no centro do Japão, quando cruzada uma faixa de pedestres ao retornar do colégio. Quando o caminhão atingiu a criança, o motorista estava olhando seu telefone, colocado no assento do copiloto, segundo reconheceu o réu, ao lembrar do episódio ocorrido em outubro do ano passado.

Três anos é uma sentença “muito suave”, disse o pai do menino, Takatoshi Noritake, que considera processar o motorista por perdas e danos, disse a agência de notícias. A promotoria pediu uma pena de quatro anos.

Poucos dias depois do acidente, os pais da vítimas iniciaram uma petição pública para impedir a utilização do aplicativo enquanto se dirige. Keita Noritake foi a primeira criança morta em um acidente vinculado ao Pokémon GO, após as mortes de duas mulheres, de 72 e de 29 anos, desde que o jogo foi lançado no Japão, em julho do ano passado.

(Com agência EFE)