Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homem que deu voz ao aviso “Mind de Gap” do metrô de Londres morre aos 62 anos

Um ex-locutor de rádio conhecido por milhões de londrinos e turistas de todo o mundo como a voz dos avisos “Mind de Gap” (cuidado com o vão) do metrô de Londres morreu de câncer, informou sua família nesta sexta-feira. Phil Sayer, de 62 anos, gravou os avisos que são tocados na maior parte das estações do metrô londrino para alertar os passageiros sobre o vão entre o trem e a plataforma.

Leia também:

Afetado pelos ‘Panama Papers’, Cameron anuncia nova lei contra evasão fiscal

Panama Papers: Manifestantes pedem renúncia de David Cameron

Príncipe William e Kate iniciam viagem real pela Índia

“Phil Sayer – voz da razão, do rádio e dos trilhos”, escreveu sua esposa, Elinor Hamilton, na página de Facebook do marido. “Lamentamos anunciar que este serviço termina aqui”. Sayer, que trabalhou como apresentador da rádio BBC na cidade de Manchester nos anos 1980 e também leu boletins de televisão regionais, é uma das várias pessoas que deram voz aos famosos alertas desde que eles passaram a ser usados em 1968, depois que se tornou inviável para os motoristas e funcionários da estação alertar todos os passageiros. A frase também foi pintada ao longo das extremidades das plataformas.

Em 2013, a mídia relatou que a empresa Transport for London voltou a usar a gravação do ator Oswald Laurence na estação Embankment depois de saber que sua viúva costumava ir ao local para ouvir sua voz.

(Com agência Reuters)