Clique e assine a partir de 9,90/mês

Paciente mata médico e se suicida em hospital de Berlim

Autoridades informaram que o episódio não tem relação com terrorismo

Por Da redação - Atualizado em 26 Jul 2016, 15h20 - Publicado em 26 Jul 2016, 15h18

Um paciente baleou e matou um médico e em seguida se suicidou em um hospital de Steglitz, nas redondezas de Berlim, nesta terça-feira. O médico morreu em decorrência dos ferimentos pouco depois de ser baleado. Autoridades informaram que o episódio não tem relação com terrorismo. A polícia não revelou a identidade do agressor, tampouco suas motivações.

Nas duas últimas semanas, a região da Baviera, na Alemanha, foi palco de uma série de ações brutais. Na segunda-feira, dia 18, um afegão de 17 atacou passageiros de um trem com uma faca e um machado em nome do grupo extremista Estado Islâmico. Quatro turistas ficaram feridos.

Na sexta- 22, um alemão de origem iraniana de 18 anos abriu fogo em um shopping de Munique, matando 9 pessoas antes de cometer suicídio. Dois dias depois, um refugiado sírio de 27 anos que teve o pedido de asilo negado provocou uma explosão que deixou 15 feridos em Ansbach.

Publicidade