Homem com uniforme da polícia mata três membros da Otan no Afeganistão (Otan)

Por Adek Berry - 1 jul 2012, 18h26

Um homem vestindo um uniforme da polícia afegã matou três membros da Força Internacional da Otan (Isaf) neste domingo no sul do Afeganistão, anunciou a Isaf.

Uma investigação está em andamento, indicou a Isaf, que não divulgou a nacionalidade das vítimas.

O indivíduo, que vestia uma farda da Ordem Nacional Civil da Polícia do Afeganistão (ANCOP em inglês), unidade de elite, disparou contra os três homens, matando todos eles, informou a Isaf.

O último ataque deste tipo foi registrado em 19 de junho, ou seja, há menos de duas semanas, quando três homens usando uniformes da polícia afegã mataram um soldado da Isaf no sul do país.

Publicidade

Pouco menos de trinta membros da Isaf – 26 segundo uma contagem da AFP – morreram em circunstâncias semelhantes em 2012.

A questão da segurança dos membros do pessoal civil e militar da Otan é crucial, porque eles são responsáveis pela formação de militares, policiais e autoridades afegãs encarregados da segurança e da administração do Afeganistão após a saída das últimas tropas de combate da Otan, prevista para o final de 2014.

A coalizão da Otan, liderada pelos Estados Unidos, chegou ao Afeganistão no final de 2001 para caçar Osama bin Laden após os atentados de 11 de setembro e derrubar os talibãs, que haviam tomado o poder em Cabul em 1996.

Os ocidentais, que instauraram um regime aliado depois de terem derrubado os talibãs, não conseguiram derrotar militarmente a rebelião fundamentalista, particularmente ativa no sul e no leste do Afeganistão.

Publicidade