Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homem-bomba que atacou CIA era agente duplo da Al-Qaeda

O homem-bomba que matou oito pessoas em uma base da CIA (agência de inteligência americana) no Afeganistão era um agente duplo da Al-Qaeda, afirma a imprensa americana. Ele foi identificado como Human Khalil Abu-Mulal al-Balawi, um médico jordaniano de 36 anos preso um ano atrás pela inteligência da Jordânia.

Na semana passada, Human al-Balawi detonou uma bomba no interior da base militar avançada de Chapman, em Khost (sudeste afegão), matando sete funcionários da CIA – quatro oficiais e três guarda-costas) – e um oficial da inteligência jordaniana, Ali Bin Zaid. O fato de ser considerado um informante da CIA o ajudou a passar pela segurança.

O suicida tinha a missão era encontrar o número dois da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri. Segundo reportagem do jornal Washington Post, al Balawi marcou um encontro com os agentes da CIA para supostamente passar informações sobre o líder terrorista.