Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Homem ataca ônibus na Austrália; motorista morre queimado

A polícia australiana descartou que o ato tenha ligação com o terrorismo

Por Da redação Atualizado em 28 out 2016, 08h41 - Publicado em 28 out 2016, 08h23

Um homem ainda não identificado jogou um líquido inflamável em um motorista de ônibus quando o veículo estava parado e depois ateou fogo, nesta sexta-feira, na cidade de Brisbane, no nordeste da Austrália. Seis pessoas estavam dentro do ônibus no momento do ataque, mas conseguiram escapar sem se ferirem.

O motorista morto foi identificado como Manmeet Alisher, de 29 anos. Tivemos “sorte de que o ônibus não foi incendiado”, afirmou o policial Jim Keogh. O agente revelou que eles prenderam uma pessoa, de 48 anos, suspeito de conexão com o ataque, e descartou que o ato tenha ligação com o terrorismo.

Leia também
“Cancelem a eleição, declarem-me vencedor”. TRUMP, Donald
Com inflação de 700%, Maduro aumenta salário mínimo em 40%

Boatos — Pouco depois do ataque, um boato nas redes sociais espalhou-se divulgando que se tratava de um atentado islamita. Houve até quem dissesse que o caso estava ligado com os dois adolescentes presos neste mês, em Sydney, armados com facas. Eles declararam que planejavam cometer um ataque jihadista inspirado no Estado Islâmico. A polícia australiana, no entanto afirmou que os casos não têm conexão.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade