Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hillary e Jeb Bush lideram entre eleitores hispânicos, mostra pesquisa

Bernie Sanders é o preferido entre os hispânicos em um eventual cenário de disputa com o republicano Donald Trump, com uma vantagem de 75% a 17%

A pré-candidata democrata às eleições presidenciais dos Estados Unidos, Hillary Clinton, lidera as intenções de voto entre os eleitores latinos registrados de seu partido, com 56%, enquanto Jeb Bush fé o preferido no lado republicano, com 28%, segundo uma pesquisa nacional divulgada nesta quinta-feira. A pesquisa, encomendada pelas emissoras de televisão Telemundo e NBC e o jornal The Wall Street Journal, mostrou uma vantagem de 17 pontos da ex-secretária de Estado frente ao senador por Vermont Bernie Sanders (39%) entre os eleitores da comunidade hispânica.

No entanto, em relação à imagem de todos os candidatos de ambos os partidos, 54% dos latinos entrevistados têm uma opinião positiva sobre Sanders, um aumento de 24 pontos desde novembro, enquanto Hillary vem em seguida, com 50%. No caso do Partido Republicano, a pesquisa evidenciou a preferência dos latinos por Jeb Bush (28%), seguido pelos senadores de origem cubana Marco Rubio (25%) e Ted Cruz (20%).

Leia também

Trump abre vantagem e Sanders se aproxima de Hillary em pesquisas nos EUA

Obama: ‘Trump não será presidente’

Trump ameaça processar Ted Cruz por ‘suas mentiras’

As emissoras Telemundo e NBC divulgaram a pesquisa horas antes da apresentação dos candidatos democratas em um fórum comunitário em Las Vegas, Nevada, Estado que realizará suas assembleias populares neste sábado e é a primeira região das eleições com grande percentual de latinos elegíveis para votar, com 17%.

Por outro lado, Sanders é de longe o preferido entre os hispânicos em um cenário de disputa com o republicano Donald Trump, com uma vantagem de 75% a 17%, enquanto no caso de Hillary, a diferença seria de 70% e 21%. Trump, que prometeu deportar “todos” os imigrantes ilegais e retirar a cidadania automática para seus filhos, se referiu em junho do ano passado aos imigrantes de origem mexicana como “criminosos e estupradores” durante a apresentação de sua candidatura.

O Centro Hispano do Instituto Pew Research estima em 27,3 milhões os hispânicos elegíveis para votar este ano, um “número recorde e maior que qualquer outro grupo étnico e racial”. A pesquisa entrevistou 300 eleitores latinos registrados, entre 14 e 16 de fevereiro, e conta com uma margem de erro de 6,2 pontos percentuais.

Leia mais

Quais as próximas etapas da corrida eleitoral dos EUA?

Entenda as eleições primárias americanas

(Com agência EFE)