Clique e assine a partir de 9,90/mês

Hillary Clinton deixa Secretaria de Estado americana

Em discurso de despedida, a ex-secretária citou o recente ataque contra a embaixada americana na Turquia: 'Vivemos tempos complexos e perigosos'

Por Da Redação - 2 fev 2013, 03h45

Hillary Clinton enviou nesta sexta-feira a renúncia ao cargo de secretária de Estado ao presidente Barack Obama e se despediu de seus funcionários em um discurso emotivo. A ex-secretária de Estado não comentou sobre seu futuro político, mas falou sobre o atentado à embaixada americana desta sexta, em Ancara (Turquia). “É claro que vivemos em tempos complexos e perigosos, como vimos hoje em nossa embaixada de Ancara, onde nós fomos atacados”, disse a esposa do ex-presidente Bill Clinton.

Atentado – Nesta sexta feira, um homem-bomba atacou a embaixada dos EUA em Ancara e matou um guarda que estava no local. O suicida era um militante de extrema esquerda, informou o ministro do Interior turco, Muammer Guler. Guler disse a jornalistas que o autor do ataque pode ser um cidadão turco, membro do grupo marxista-leninista Frente Revolucionária de Libertação Popular (DHKP-C, sigla em inglês). O grupo é banido no país.

Além da morte do segurança e do próprio homem-bomba, o atentado deixou três feridos, um deles em estado grave. Um dos feridos seria uma antiga repórter da agência turca NTV, Didem Tuncay, de 39 anos, segundo o jornal americano The New York Times. O primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan fez um pronunciamento na TV com um apelo para que haja um esforço global no combate a “elementos terroristas”.

Turquia e Estados Unidos classificam o incidente como um ato terrorista. Nenhum grupo assumiu a autoria do ataque até agora e a causa ainda não está esclarecida. Mais cedo, o governador de Ancara, Alaaddin Yuksel, confirmou que o autor da explosão era um homem-bomba. Imagens divulgadas pela imprensa turca mostram que a explosão fez um buraco na parede de um prédio que abriga um clube social de guardas. A embaixada não sofreu danos.

Continua após a publicidade

O governo dos EUA alertou seus cidadãos para que não visitem as missões diplomáticas do país na Turquia até novo aviso. O último atentado em Ancara envolvendo um suicida esquerdista ocorreu em 2007. Ele matou nove pessoas e deixou 120 feridos, mas não tinha vínculos com qualquer grupo. Nos últimos anos, vários grupos lançaram ataques contra a Turquia, dos separatistas curdos a esquerdistas e militantes islâmicos.

Sucessor – Ao deixar o cargo, Hillary, de 65 anos, se disse “mais otimista” com a situação atual do que antes, quando nomeada para o posto no ano de 2009. Clinton entrou para história da secretaria ao viajar para 112 países e acumular aproximadamente um milhão de milhas aéreas. “Eu sou muito grata por termos a chance de contribuir cada um a seu modo em fazer com que nosso país e o mundo sejam mais fortes, seguros, justos e melhores” disse aos ex-funcionários. Mais tarde, o ex-senador democrata John Kerry prestou juramento ao Comitê de Relações Exteriores do Senado em uma cerimônia privada e assumiu a Secretaria no lugar de Hillary. Kerry terá como desafios imediatos as crises nucleares no Irã e Coreia do Norte para resolver.

(Com agência France-Presse)

Publicidade