Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hezbollah planeja ataque iminente na Europa, dizem EUA

Departamento de Estado afirma que o grupo xiita está envolvido em uma "intensificação da sua campanha de terror". EUA impõe novas econômicas contra o movimento

O Departamento de Estado americano afirmou nesta sexta-feira que teme que o movimento xiita libanês Hezbollah esteja planejando um ataque iminente na Europa. Os Estados Unidos preveem que “o Hezbollah e o Irã juntos devem continuar a manter um alto nível de atividade terrorista e operações em um futuro próximo”, acrescentou disse Daniel Benjamin, coordenador da luta contra o terrorismo.

Leia também:

Leia também: Em caso de intervenção, Irã e Hezbollah lutarão junto à Síria

O movimento, financiado pelo Irã, está envolvido em uma “intensificação da sua campanha de terror” em todo o mundo, considerou Benjamin. Para ele, o Hezbollah também está interessado em realizar ataques na Tailândia, onde falhou em um ataque anterior no início de 2012. Benjamin afirmou que não há informações sobre possíveis operações em solo americano.

Sanções – O Tesouro americano também afirmou nesta sexta-feira que o Hezbollah, já classificado como terrorista pelos Estados Unidos, vem prestando treinamento, aconselhamento e apoio logístico extenso ao ditador Bashar Assad na Síria e tem “papel central” na repressão exercida pelo regime. O órgão impôs novas sanções econômicas contra o grupo xiita, que congelam qualquer ativo que o Hezbollah possa ter sob jurisdição dos EUA e proibir os americanos e as empresas de realizar negócios com a organização.

(Com agência France-Presse)