Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Hezbollah confirma morte de um de seus comandantes

Hassan Lakkis foi morto a tiros em emboscada em Beirute; grupo culpou Israel

Por Da Redação 4 dez 2013, 05h47

O grupo fundamentalista libanês Hezbollah anunciou nesta quarta-feira a morte de um de seus líderes, Hassan Lakkis. De acordo com o Hezbollah, o militante foi assassinado a tiros perto de sua casa, no leste da capital libanesa. O grupo xiita culpou agentes israelenses pela morte. O governo de Israel não comentou o caso.

Leia também:

Ataque mata mais de vinte em reduto do Hezbollah no Líbano

União Europeia inclui Hezbollah em lista de grupos terroristas

Emboscada – Policiais libaneses relataram para a agência Associated Press que o militante do Hezbollah foi vítima de uma emboscada de atiradores que aguardavam escondidos perto de sua residência. Hassan foi alvejado por tiros de rifles de assalto.

Caio Blinder: Síria de hoje pode ser o Líbano de amanhã

Embora pouco se saiba sobre as atividades de Hassan Lakkis na cúpula do Hezbollah, relatos indicam que ele era próximo de Hassan Nasrallah, principal líder do grupo fundamentalista.

Continua após a publicidade
Publicidade