Clique e assine com 88% de desconto

Hassan Rohani toma posse como presidente do Irã

Por Da Redação - 3 ago 2013, 11h43

O reformista moderado Hassan Rohani tomou posse neste sábado como sétimo presidente do Irã, após a aprovação de sua eleição pelo guia supremo do país, aiatolá Ali Khamenei. A cerimônia foi transmitida ao vivo pela TV estatal do país. Em suas primeiras palavras como novo presidente iraniano, Rohani declarou que o governo vai trabalhar pela “suspensão das sanções injustas” adotadas pelos países ocidentais contra o programa nuclear de Teerã.

Leia também:

Novo presidente do Irã insulta Israel, que reage

Netanyahu diz que pode agir contra o Irã antes dos EUA

Publicidade

Rohani vence eleição presidencial do Irã no primeiro turno

O clérigo de 65 anos foi secretário do Conselho de Segurança Nacional do Irã durante 16 anos e chefe da negociação nuclear de 2003 até 2005. Em sua campanha, rejeitou as acusações de que não foi rígido o suficiente com as potências mundiais nas negociações sobre o programa nuclear do país – o Irã alega que usa a energia nuclear para fins pacíficos, negando a existência de planos para desenvolver armas nucleares, mas ninguém na comunidade internacional acredita nisso. Rohani afirma que o Irã expandiu o enriquecimento de urânio durante seu mandato.

Durante a cerimônia, ele afirmou: “O governo vai trabalhar para salvar a economia, retomar uma relação construtiva com o mundo, dar novos passos para engrandecer o Irã, garantir os interesses nacionais e suspender as sanções injustas impostas ao país”.

Pouco antes desse discurso, o guia supremo saudou a eleição do clérigo. “A eleição de um homem competente que serviu durante três décadas ao governo (islâmico) e resistiu aos inimigos como religioso, transmite uma mensagem de fidelidade ao regime e de confiança ao clero”, escreveu Ali Khamenei no decreto de posse lido por seu chefe de gabinete. No domingo, Rohani prestará juramento diante do Parlamento iraniano, em uma cerimônia para a qual foram convidados dirigentes estrangeiros pela primeira vez.

Publicidade

Eleito no dia 14 de junho no primeiro turno da eleição presidencial com 51% dos votos, Hassan Rohani, um religioso moderado, sucede Mahmud Ahmadinejad, que ficou oito anos na presidência – período marcado pela tensão com o Ocidente, principalmente em relação ao projeto nuclear de Teerã. A surpreendente vitória do clérigo reformista foi vista pelos Estados Unidos como positiva, pelo menos à primeira vista. “Eu acho que isso mostra que os iranianos querem seguir uma direção diferente”, disse Obama na ocasião. “No Irã, há claramente uma sede por colaborar com a comunidade internacional de forma mais positiva.”

(Com agência France-Presse)

Publicidade