Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Harry e Meghan se desvinculam de vez da realeza britânica

Decisão foi anunciada pelo Palácio de Buckingham após quase um ano de revisão para separação definitiva

Por Da Redação 19 fev 2021, 16h40

O príncipe Harry e sua esposa, Meghan Markle, confirmaram à rainha Elizabeth II que não voltarão a ser membros ativos da família real britânica, informou o Palácio de Buckingham em comunicado nesta sexta-feira, 19. De acordo com o documento,  o casal deixará de receber patrocínios honorários dados pela soberana, que os distribuirá aos outros membros da realeza.

O duque e a duquesa de Sussex decidiram há um ano se afastar da monarquia e iniciar uma vida fora do Reino Unido, se tornando financeiramente independentes, em um episódio que ficou conhecido como “Megxit”. A situação estava em revisão desde o início do ano.

A decisão foi divulgada dias após o casal confirmar que terá um segundo filho. No comunicado, divulgado nesta sexta-feira, o Palácio acrescenta que, ao confirmar a escolha, a rainha informou a eles que “não é possível continuar com as responsabilidades e deveres que fazem parte da vida ao serviço público”.

“Apesar de todos estarem muito tristes por sua decisão, o duque e a duquesa permanecem como membros muito queridos da família”, diz o comunicado.

A Rugby Football Union (RFU), associação esportiva de rugby do país, confirmou em uma postagem no Twitter que Harry não ocupará mais a posição de patrono. A liga de rugby do país também adotou uma postura similar. 

“Nós gostaríamos de agradecer ao príncipe Harry pelo seu tempo e comprometimento com a RFU em sua posição de patrono e vice-patrono. A RFU valoriza a sua contribuição para promover e apoiar o jogo”, diz a publicação. 

Além dos postos ligados ao esporte, Harry perde também algumas nomeações honorárias como capitão-geral dos Royal Marines, da Força Aérea Real Honington e da Royal Navy Small Ships. A perda dos títulos militares terá um gosto amargo para o príncipe, que gastou uma década servindo nas Forças Armadas. Ele já havia sinalizado anteriormente seu desejo de mantê-los.  

“O duque e a duquesa de Sussex continuam comprometidos com seu dever e serviço ao Reino Unido e ao redor do mundo, e ofereceram seu apoio contínuo às organizações que representam, independentemente de sua função oficial”, disse o porta-voz do casal.  

Meghan e Harry vivem na Califórnia com o filho Archie desde agosto de 2020, quando se instalaram em uma mansão em Santa Barbara, a 160 quilômetros de Los Angeles. De lá pra cá, o casal já tem contrato assinado com o Spotify e com a Netflix para a produção de conteúdo que passe “informação, mas também traga esperança”, afirmaram à época em comunicado conjunto. 

Continua após a publicidade
Publicidade