Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Harry e Meghan recebem pedido de perdão por fotos não consentidas de filho

O casal, afastado da Família Real britânica, processava empresa por fotos de bebê Archie tiradas com drone

Por Da Redação 9 out 2020, 15h29

O príncipe Harry e sua esposa, Meghan, duquesa de Sussex, receberam um pedido de desculpas de uma agência de fotos que supostamente usou drones para tirar fotos não autorizadas de seu filho, Archie. O casal processou a agência X17 por causa das imagens, tiradas na Califórnia enquanto estava em casa.

Michael Kump, advogado do casal, informou na quinta-feira 8 que a agência se desculpou, concordando em pagar alguns dos gastos com o processo, de acordo com a emissora CNN.

“A X17 se desculpou e concordou com um mandado de segurança permanente e o reembolso de parte das taxas legais”, disse Kump. “Este é um resultado positivo”, completou.

Em julho, quando o casal real abriu o processo, o advogado publicou um comunicado afirmando que todos os californianos têm direito à privacidade em suas casas assegurado por lei, e que “nenhum drone, helicóptero ou lente fotográfica de longo alcance podem tirar esse direito”. Segundo Kump, o objetivo era proteger Archie e impedir qualquer empresa de lucrar com as imagens.

O filho de Harry e Meghan, Archie Harrison Mountbatten-Windsor, tem 17 meses. A família se mudou para a Califórnia depois de se afastar da família real britânica em janeiro, mas costuma reclamar da intrusão da imprensa em ambos os lados do Atlântico. O casal tem o costume de esconder o filho do público, para evitar que os paparazzi lucrem com o bebê.

De acordo com o jornal The New York Times, Harry também aceitou em 2019 um pedido de desculpas e reparação de “danos substanciais” da Splash News – outra agência de imagens que usou um helicóptero para tirar fotos da casa que dividia com Meghan.

  • O caso ocorreu na região de Cotswolds, na Inglaterra, e o Palácio de Buckingham disse que a segurança do casal foi colocada em risco. Harry e Meghan abandonaram a casa depois que as fotos foram publicadas em grandes jornais, como o britânico The Times.

    Meghan também levou ao tribunal o editor do jornal britânico Mail on Sunday por conta da publicação de trechos de uma carta que a duquesa escreveu ao pai após seu casamento com o príncipe Harry.

    Em uma carta aos veículos o Daily Mail, The Sun, The Mirror e Express, o casal disse que uma imprensa livre “é a pedra angular de qualquer democracia”, mas que “há um custo humano real” causado por tabloides e que não se envolverá com eles no futuro.

    Continua após a publicidade
    Publicidade