Clique e assine com até 92% de desconto

Hamas propõe comitê interino até que OLP seja atualizada

Para o grupo, a organização envelheceu e não representa todos os palestinos

Por Da Redação 22 dez 2011, 07h40

O grupo islâmico Hamas propôs no Cairo a criação de um comitê interino que represente todas as facções até que seja eleito um Conselho Nacional Palestino, principal órgão representativo da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), no qual estejam todos os grupos. O porta-voz do Hamas em Gaza, Fawzi Barhum, afirmou na capital egípcia que a OLP envelheceu, não representa todo o povo palestino e não cumpre seus deveres com o povo.

Barhum é um dos membros da delegação de seu grupo que há dias se reúne no Egito com integrantes das outras 12 facções palestinas, que assinaram um acordo de reconciliação em maio no Cairo. A OLP representa o povo palestino e agrupa as principais facções, com exceção do Hamas e do Jihad Islâmica.

O porta-voz relatou que na quarta-feira os grupos reunidos estudaram a agenda da reunião desta quinta, à qual comparecerão os secretários gerais de todas as facções, incluindo o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) e líder do Fatah, Mahmoud Abbas, e o líder do Hamas, Khaled Meshaal. Segundo ele, a reunião desta quinta é uma conquista “sem precedentes”. “Esperamos que o projeto palestino se materialize”, acrescentou Barhum.

Histórico – O Fatah e o Hamas – as maiores facções palestinas – estão imersos em processo de reconciliação nacional após a disputa que explodiu em junho de 2007, quando os islâmicos tomaram o controle da Faixa de Gaza após expulsarem as forças leais a Abbas.

O fato originou dois governos palestinos: um do Hamas, em Gaza, e outro da ANP, sustentado pelo Fatah, na Cisjordânia. Agora, as duas partes estão focadas na forma de aplicar o documento de entendimento que Abbas e Meshaal assinaram em 24 de novembro no Cairo.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade