Clique e assine a partir de 9,90/mês

Grupo ligado à Al-Qaeda mata quinze militares iraquianos

Emboscada se deu quando tropas preparavam ataque a esconderijo dos terroristas

Por Da Redação - 21 Dec 2013, 09h07

Quinze militares iraquianos, entre eles cinco oficiais de alta patente, foram mortos neste sábado em uma emboscada preparada por terroristas da Al-Qaeda na província de Al-Anbar, Oeste do Iraque. Outros três militares ficaram feridos no ataque, que ocorreu quando as forças iraquianas se preparavam para invadir um esconderijo dos terroristas em Rutba, a 380 quilômetros da capital Bagdá.

No início da ofensiva, homens-bomba acionaram seus explosivos quando os militares entraram nos prédios.

Entre os mortos estão o comandante da sétima divisão do Exército, Mohammed al Karawi, e o chefe da primeira brigada dessa divisão, Numan Mohammed. As autoridades acusaram o Estado Islâmico do Iraque, vinculado à Al Qaeda, de perpetrar a ação. Os terroristas do grupo aumentaram o número de ataques contra as Forças de Segurança iraquianas nos últimos meses.

(Com agências EFE e France-Presse)

Publicidade