Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Grupo armado sequestra 10 trabalhadores de empresa de gás no Peru

Por Da Redação - 9 abr 2012, 16h14

Lima, 9 abr (EFE).- Um grupo armado sequestrou na madrugada desta segunda-feira 10 trabalhadores de uma empresa relacionada com o consórcio de gás de Camisea, no Peru, confirmou à Agência Efe o chefe da Divisão Policial da cidade de Quillabamba, coronel Ronald Bayonne.

Os trabalhadores foram sequestrados no povoado de Kepashiato, na região do VRAE (Vale dos rios Apurímac e Jan), na selva, onde operam remanescentes do grupo armado Sendero Luminoso e máfias do narcotráfico.

‘Essas pessoas, antes de deixarem Kepashiato, fizeram discursos subversivos. Reuniram toda a população e pregaram a eles sua ideologia’, disse Bayonne.

Segundo o coronel, os sequestradores são um grupo de 20 a 30 pessoas que fugiram em três caminhonetes da empresa Coga, rumo a um lugar desconhecido. As frentes policiais mais próximas estão em Quillabamba, a oito horas de viagem de Kepashiato.

Publicidade

Para Bayonne, a abundante vegetação e as estradas danificadas dificultam os trabalhos policiais, e por isso foi pedido auxílio ao Exército para que forneça um helicóptero, o que facilitaria um acesso à região. EFE

Publicidade