Clique e assine a partir de 9,90/mês

Grécia resgata 340 imigrantes em naufrágio no Mediterrâneo e muitos seguem desaparecidos

Quatro corpos foram encontrados na operação de resgate e o número de desaparecidos pode chegar a mais de cem pessoas

Por Da Redação - 3 jun 2016, 10h27

Pelo menos 340 imigrantes foram resgatados de um barco que naufragou nesta sexta-feira, em uma grande operação no sul do Mediterrâneo perto da ilha de Creta, informou a guarda-costeira da Grécia. Quatro corpos também foram recuperados e ainda há um número desconhecido de pessoas desaparecidas, que ainda estão sendo procuradas. O incidente foi o terceiro em uma semana que envolveu resgate ou chegada de imigrantes à ilha.

De acordo com o jornal The Guardian, a Organização Internacional pela Migração (IOM) disse que mais de 700 pessoas estavam a bordo da embarcação de madeira, que navegava em direção à Itália. Já a guarda-costeira informou que entre 400 e 500 estavam no barco, mas não pôde confirmar o número exato. Não há informação de imediato sobre a nacionalidade dos imigrantes ou sobre as vítimas.

Leia também:

Foto de bebê morto simboliza semana trágica no Mediterrâneo

Grécia evacua criticado campo de refugiados de Idomeni

Marinha da Itália registra momento em que barco com mais de 500 refugiados naufraga

A mídia grega relatou que o barco de madeira em que os imigrantes viajavam começou a encher de água durante a travessia. Segundo a IOM, pelo menos mil pessoas morreram ou estão desaparecidas no mar Mediterrâneo, após uma série de naufrágios de barcos de imigrantes na última semana. O grupo informou que o número de vítimas deste tipo de acidente em 2016 é 34% mais alto do que nos cinco primeiros meses do ano passado.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade