Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grécia demitirá 15 mil funcionários em 2012 para agradar a troika

Atenas, 6 fev (EFE).- O Governo grego fechou um acordo nesta segunda-feira com a troika – formada pela Comissão Europeia, o Banco Central Europeu (BCE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) – para cortar 15 mil empregos públicos até o final de 2012, segundo informou o ministro da Reforma Admnistrativa, Dimitris Reppas.

Esta medida foi estipulada com os representantes da troika dentro das condições de economia exigidas para a concessão de um novo empréstimo de pelo menos 130 bilhões de euros que evite que o país entre em moratória.

‘A redução da força de trabalho está estritamente conectada com a reestruturação de serviços e a organização promovida por cada ministério’, explicou o ministro em comunicado.

Estas 15 mil demissões entram dentro do contingente de 150 mil postos de trabalho que a Grécia deve reduzir no setor público até 2015.

Segundo dados do Ministério da Reforma Administrativa, a Grécia contava no final de 2011 com 714.341 funcionários públicos.

No entanto, Reppas reafirmou sua oposição a realizar ‘demissões indiscriminadas’ e assegurou que a reforma será feita dessa maneira para alcançar uma redução dos trabalhadores públicos sem prejudicar o funcionamento do Estado. EFE