Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Governo prepara lei para facilitar imigração de profissionais qualificados

Por Da Redação 15 jan 2012, 10h37

Rio de Janeiro, 15 jan (EFE).- O Governo está preparando uma nova lei para facilitar a concessão de vistos aos profissionais estrangeiros altamente qualificados, conforme reportagem publicada neste domingo no jornal ‘O Globo’.

A primeira versão do texto propõe um processo de imigração seletivo para incentivar a ‘drenagem de cérebros’ de países europeus onde a crise elevou as taxas de desemprego entre os profissionais com formação superior.

O titular da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência, Ricardo Paes de Barros, declarou que ainda estão sendo estudados os limites que definirão a concessão de vistos.

‘É preciso estabelecer até onde irá nossa generosidade, como vamos contribuir para aliviar a pobreza do mundo e absorver essas pessoas. A solidariedade tem de ter limite e estar dentro do que o Brasil pode ajudar’, afirmou Paes de Barros ao jornal.

A crise mundial, que afetou em grande medida a Europa, provocou o aumento dos fluxos migratórios para o país.

Entre janeiro e setembro de 2011, o Ministério do Trabalho concedeu 51.353 autorizações de trabalho a estrangeiros, o que representa incremento de 32,8% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

A falta de mão de obra altamente qualificada é uma das maiores deficiências da economia brasileira e afeta 69% das empresas, de acordo com estudo elaborado recentemente pela Confederação Nacional de Indústria (CNI).

O Governo, entretanto, pretende estabelecer impedimentos na concessão de vistos para os trabalhadores sem qualificação, que chegam a partir de países pobres como o Haiti, afirmou Paes de Barros.

Na terça-feira, a presidente Dilma Rousseff autorizou a concessão de vistos de residência em caráter humanitário para 2,4 mil haitianos que entraram no país nas últimas semanas pelos estados do Acre e Amazonas. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade