Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo egípcio apresenta renúncia em meio a protestos no Egito

Cairo, 21 nov (EFE).- Em meio aos violentos protestos no Cairo, o governo do Egito apresentou sua renúncia à Junta Militar que dirige o país, informou nesta segunda-feira o Conselho de Ministros em comunicado oficial.

‘Pelas dificuldades que o país está atravessando atualmente, o governo vai assumir suas funções até que o Conselho das Forças Armadas tome uma decisão a respeito’, acrescentou a nota.

No entanto, um porta-voz de um dos partidos presentes no governo, que pediu não ser identificado, disse à Agência Efe que a cúpula militar aceitou a renúncia, apesar de ainda não ter sido anunciada oficialmente a confirmação.

O Conselho de Ministros afirmou que ‘acompanha com muito interesse o desenrolar lamentável dos eventos vividos pelo Egito’, que causaram a morte de pelo menos 23 pessoas até agora e deixaram milhares de feridos.

‘O governo assume sua responsabilidade política, manifesta sua lamentação por estes fatos dolorosos e, partindo deste sentimento, apresentou ontem sua renúncia e a pôs à disposição do Conselho Supremo das Forças Armadas’, diz a nota.

‘Pedimos aos cidadãos para que se controlem e fiquem tranquilos para ajudarem a recuperar a estabilidade do país e abrir caminho para o primeiro passo democrático, que é a realização de eleições legislativas em sua data’, ou seja, a partir de 28 de novembro, informou o Executivo. EFE