Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo do Nepal confirma quase 900 mortos por terremoto de magnitude 7,8

Ao menos 876 pessoas morreram neste sábado em um terremoto de magnitude 7,8 que atingiu extensas regiões do Nepal, segundo balanço das autoridades locais. Entre os pontos mais atingidos estão as cidades de Katmandu, Lalitpur e Bharatapur. Dezenas de pessoas estão sendo tratadas nas ruas diante da impossibilidade de os hospitais atenderem todos os feridos.

Equipes de resgate e voluntários trabalham entre os escombros em busca de sobreviventes. Em Katmandu edifícios desabaram, principalmente os mais antigos, incluídos templos e monumentos, e milhares de pessoas estão nas ruas com medo que outras edificações colapsem. Ruas e estradas ao redor da capital estão completamente destruídas e com fendas.

A imprensa local informou que a torre Dharahara, uma importante atração turística do Nepal, caiu e ficou transformada em escombros. O aeroporto internacional de Katmandu foi reaberto após permanecer fechado por várias horas durante a manhã.

O terremoto teve seu epicentro em um ponto a 80 quilômetros ao noroeste de Katmandu, e foram registradas pelo menos 16 réplicas entre 4,2 e 6,6 graus. Não há comunicação na região após o terremoto.

O serviço geológico americano revisou na manhã deste sábado o grau de magnitude do terremoto que atingiu o Nepal. De acordo com o órgão, devido a extensa área abalada, um raio de até 80 quilômetros a partir do epicentro identificado em Katmandu e a uma profundidade de quinze quilômetros, o primeiro registro foi de 7,9 graus na escla Richter. Na manhã deste sábado, contudo, a magnitude do abalo foi confirmada como 7,8 na mesma escala.

(Com agência EFE e AFP)