Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo do Afeganistão e Talibã dão primeiro passo rumo a um acordo de paz

Representantes do governo afegão e do grupo de insurgentes se reuniram em Islamabad, no Paquistão, nesta terça-feira

Após anos de tentativas frustradas, representantes do governo do Afeganistão se reuniram com oficiais do Talibã para discutir um acordo de paz, reportou o jornal americano The New York Times. O encontro histórico ocorreu em Islamabad, capital do Paquistão, nesta terça-feira.

Leia também:

Talibã ataca Parlamento do Afeganistão

Ataque talibã contra hotel de Cabul deixa 14 mortos; incluindo 9 estrangeiros

O processo de paz pode colocar fim a um conflito que já dura 14 anos. Os insurgentes do Talibã haviam demonstrado interesse em discutir os termos de um possível acordo antes, mas preferiam sentar-se com representantes dos Estados Unidos a negociar com o governo afegão.

Agora, o Talibã finalmente aceitou enviar oficiais ao Paquistão para se encontrar com uma delegação liderada por Hekmat Karzai, vice-chanceler do Afeganistão e primo do ex-presidente afegão Hamid Karzai.

Além dos representantes afegãos, participaram do encontro como observadores alguns oficiais dos Estados Unidos e da China, país que tem participado cada vez mais ativamente na busca por um acordo de paz entre o governo do Afeganistão e o grupo talibã.

O encontro representou uma vitória ao atual presidente afegão, Ashraf Ghani, que vem insistindo nos últimos meses para que o Paquistão colabore com o processo de negociação. Josh Earnest, porta-voz da presidência dos Estados Unidos, classificou a reunião como “um passo importante nas perspectivas de avanço rumo a um acordo de paz”.

Especialistas, no entanto, lembram que são baixas as expectativas para resultados concretos, uma vez que a reunião pode significar apenas um consenso entre as partes para se encontrar novamente no futuro, sem que isso impeça novos conflitos.

(Da redação)