Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Governo anuncia nova etapa da moratória

Por Da Redação 15 dez 2008, 19h16

Com agência Reuters

O governo do Equador informou nesta segunda-feira que não vai pagar o cupom de 31 milhões de dólares de seu Bônus Global 2015. Na sexta-feira, o presidente Rafael Correa já tinha declarado moratória do cupom de 30,6 milhões de dólares do bônus Global 2012, que venceria nesta segunda.

A informação foi dada pela ministra das Finanças, Maria Elsa Viteri, totalizando um calote de 61 milhões de dólares. Todos os Bônus Global equatorianos somam 3,8 bilhões de dólares. O presidente não fez o pagamento porque uma auditoria apontou indícios de ilegalidade e ilegitimidade na renegociação de parte dos títulos.

Contudo, Correa disse estar disposto a apresentar um plano de reestruturação aos credores do país e assegurou que está preparado para assumir as conseqüências de sua atitude. E para evitar reações negativas locais, o governo está anunciando fontes alternativas de financiamento, vindas de novos sócios comerciais como Irã, Rússia, China e Venezuela.

A moratória coincide com um momento difícil para a economia equatoriana, que começou a sentir os efeitos da recessão mundial com a queda de sua renda petroleira – com a qual financia 40% do orçamento estatal – e das remessas.

Continua após a publicidade
Publicidade