Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Governo alemão cria comissão para estudar crimes neonazistas

Por Da Redação 8 fev 2012, 15h09

Berlim, 8 fev (EFE).- O Governo alemão criou nesta quarta-feira uma comissão especial que deve estudar o que está por trás dos crimes cometidos pelo grupo terrorista neonazista Clandestinidade Nacional-Socialista (NSU), tirar conclusões políticas sobre esses delitos e formular recomendações para combater com mais eficiência a extrema-direita.

A comissão, apresentada nesta quarta pelo ministro do Interior, Hans Peter Friedrich, será formada por quatro pessoas, duas nomeadas pelo Governo federal e as outras pelos governos dos estados federados.

A NSU é acusada de assassinar nove pequenos empresários, quase todos eles de origem turca, e uma policial.

Os membros da comissão são o ex-titular de Interior de Berlim Ehrhart Körting, o ex-secretário de Interior de Hamburgo Heino Vahldieck, o advogado criminalista Eckhart Müller e o ex-procurador-geral Bruno Jost. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade