Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governador de São Paulo acusa narcotráfico de criar onda de violência

São Paulo, 14 jul (EFE).- O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, acusou neste sábado os grupos de traficantes de droga de criar a onda de violência que tomou a capital do estado nas últimas semanas.

‘Eles atacam os policiais para desviar a atenção e aliviar nossa pressão contra o tráfico de drogas, mas não vamos retroceder um milímetro’, afirmou Alckmin, do PSDB.

A declaração de Alckmin a jornalistas foi feita após o assassinato de oito supostos bandidos por parte da Polícia de São Paulo durante a noite de sexta-feira e na madrugada deste sábado.

A ação foi qualificada pelas autoridades como ‘resistência seguida de morte’, motivo por qual a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo instaurou uma sindicância interna.

Uma investigação similar também foi aberta depois do massacre de outras oito pessoas na cidade de Osasco, na região metropolitana de São Paulo, por pistoleiros com armas de grosso calibre no momento em que os torcedores do Palmeiras comemoravam a conquista do título da Copa do Brasil.

As autoridades suspeitam que os crimes foram cometidos por membros das forças de segurança em represália pela morte nos últimos dias de sete agentes, quatro atentados contra bases policiais e o incêndio de 13 ônibus. EFE