Clique e assine a partir de 9,90/mês

Governador de Porto Rico renuncia à reeleição após protestos

Manifestações começaram após vazamento de chat no qual Ricardo Rosselló troca mensagens consideradas obscenas, homofóbicas e misóginas

Por AFP - Atualizado em 22 jul 2019, 02h57 - Publicado em 22 jul 2019, 02h56

O governador de Porto Rico, Ricardo Rosselló, anunciou neste domingo que não aspirará mais à reeleição do cargo no ano que vem, no nono dia de protestos exigindo sua renúncia após o vazamento de um comprometedor chat privado.

“Escutei-os e os escuto hoje”, disse aos cidadãos em um vídeo publicado no Facebook. “Cometi erros e pedi desculpas”.

Mensaje al pueblo

Mensaje especial como presidente del Partido Nuevo Progresista y gobernador de Puerto Rico.

Posted by Ricardo Rossello on Sunday, July 21, 2019

“Apesar de tudo, reconheço que me desculpar não é suficiente. Ante este cenário, anuncio que não irei à reeleição como governador no ano que vem”, continuou o mandatário deste território americano no Caribe. Também disse que deixará a presidência do Partido Novo Progressista.

Rosselló, que defende que Porto Rico se integre como um estado aos Estados Unidos, havia anunciado em março que tentaria a reeleição.

Porto Rico se tornou palco de protestos e distúrbios desde semana passada, após o vazamento de um chat onde Rosselló e outros 11 homens de seu entorno próximo trocavam mensagens consideradas obscenas, homofóbicas e misóginas por seus críticos.

Continua após a publicidade
Publicidade