Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Gays são bem-vindos na Olimpíada de Inverno, diz Putin

Após protestos contra a lei antigay no Mundial de Atletismo, presidente russo quer que "participantes se sintam confortáveis"

Por Da Redação 28 out 2013, 13h58

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que todos os gays serão bem recebidos em Sochi, cidade sede nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. “Nós estamos fazendo tudo, tanto os organizadores, quanto nossos atletas e os fãs, para que os participantes e convidados se sintam confortáveis em Sochi, independentemente de nacionalidade, raça ou orientação sexual”, disse Putin a Thomas Bach, chefe do Comitê Olímpico Internacional (COI), nesta segunda-feira.

A Rússia adotou uma lei que não permite que menores de 18 anos tenham informações sobre a homossexualidade, proíbe a adoção de crianças por casais do mesmo sexo e coíbe qualquer tipo de manifestação a favor do casamento gay. O texto despertou fortes críticas no Ocidente e até mesmo alguns pedidos de boicote aos Jogos de Sochi. Críticos denunciam a lei como discriminatória.

Leia também

Selena Gomez é barrada na Rússia por apoiar gays

Mundial de atletismo – No último Mundial de Atletismo, disputado em Moscou, em agosto, atletas e torcedores aproveitaram os holofotes da competição para se manifestarem contra a lei antigay. As esportistas suecas Moa Hjelmer e Emma Green-Tregaro pintaram suas unhas com as cores do arco-íris, símbolo homossexual. O americano Nick Symmonds dedicou sua medalha de prata nos 800m livre a seus amigos homossexuais.

Mesmo sendo estrangeiro, segundo a legislação russa, qualquer atleta, treinador ou torcedor gay ou defensor dos direitos dos homossexuais, poderia ser preso por até 14 dias e, depois, ser expulso do país.

A estrela russa do salto com vara Yelena Isinbayeva defendeu a lei antigay durante o Mundial e voltou atrás no dia seguinte. A saltadora divulgou um comunicado afirmando ter sido mal interpretada na entrevista, feita antes da cerimônia de premiação em que recebeu sua medalha de ouro.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade