Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Funeral de jornalista morta na Síria será no dia 12 de março

O funeral da jornalista americana morta na Síria recentemente, Mary Colvin, será realizado no dia 12 de março na cidade de Oyster Bay, perto de Nova York, informou a funerária nesta segunda-feira.

A missa do funeral será celebrada na igreja católica de Saint Dominique de Oyster Bay, em Long Island, a 50 km de Manhattan, na próxima segunda-feira às 11h00 (13h00 de Brasília).

A correspondente de guerra de 56 anos, morta no dia 22 de fevereiro na cidade sitiada de Homs, será posteriormente cremada em uma cerimônia privada, disse a funerária.

A vigília está prevista na funerária durante o fim de semana, no sábado e no domingo ao meio-dia.

Mary Colvin, que escrevia para o Sunday Times de Londres, cobriu em 30 anos de carreira alguns dos conflitos mais sangrentos das últimas décadas, assim como as recentes revoluções da Primavera Árabe na Tunísia, no Egito e na Líbia.

A jornalista faleceu, junto com o fotógrafo francês Remi Ochlik, no bombardeio de um apartamento que funcionava como centro de imprensa em Baba Amr, bastião das forças rebeldes na cidade síria de Homs (centro), atacada durante semanas pelo exército.